Aplicativos Mobile e Bots Podem Funcionar Juntos

29 agosto

Talvez você ainda não tenha ouvido falar dos bots, mas com certeza vai! Embora eles comecem a surgir no mercado brasileiro somente agora, no exterior já são uma realidade, principalmente na Asia.

O Facebook Messenger já permite bots em sua plataforma, e semana passada o WhatsApp confirmou que também irá permitir.

Um bot (também chamado de chat bot ou chatbot) é um software que conversa de maneira autônoma com humanos. Por exemplo, exitem bots que previsão do tempo onde você envia o nome da cidade e ele te responde com a previsão do tempo para os próximos três dias.

Algumas pessoas e jornalistas tem falado que os bots são o futuro que e que vão substituir todos aplicativos mobile.

Embora eu acredite que os bots vieram para ficar, não acho que eles vão substituir todos os aplicativos mobile. Acho que no futuro breve o que veremos será uma combinação de bots e apps mobile, pois as suas funcionalidades são muitas vezes complementares.

Alguns aplicativos mobile sem dúvida nenhuma serão substituidos por bots, mas estou falando de apps que tem uma funcionalidade e um público muito limitados.

Por exemplo, semana passada eu viajei de São Paulo para o Rio de Janeiro, e notei que em ambos aeroportos existiam propagandas para que eu baixasse o app do aeroporto para obter informações sobre voos, lojas e serviços. Obviamente eu não baixei nenhum, pois a última coisa que quero é ficar enchendo meu celulare com um app para cada aeroporto que eu for.

Se existisse um bot da ANAC onde eu pudesse enviar uma mensagem por WhatsApp com o nome do aeroporto que estou e obter de volta as informações dos voos, porém, eu provavelmente teria usado o serviço.

Aplicativos mobile mais complexos, de maior utilidade e público mais amplo, porém, não serão ameaçados por bots. Por exemplo, não vejo o Uber perdendo espaço para bots.

O que pode acontecer é uma integração dos dois. De fato já existem bots (no Slack por exemplo) que permitem você pedir um Uber direto da interaface de mensagens. Para acompanhar o trajeto do motorista e pagar, porém, você precisará do app.

Esse é uma tendência clara dos bots. Não necessariamente eles vão prover toda a funcionalidade que o usuário precisa, mas eles poderão ser o primeiro ponto de contato, a primeira interface, pois são rápidos e eficientes de serem usados. Quando o usuário precisar de algo a mais, ele será redirecionado ao app mobile ou ao site da empresa.

Fique de olho, pois logo mais você estará conversando com bots!

Daniel Scocco é conselheiro da Kubic e fundador da Botware, empresa especializada no desenvolvimento de software e bots para WhatsApp e Facebook Messenger.

Sem comentários.

Deixe uma resposta